23 de jul de 2016

Um amor chamado Colonia del Sacramento

Existem alguns lugares que nos marcam. Que o simples ato de visitar transporta para outras dimensões. Lugares aonde você chega, olha ao redor e simplesmente afirma: eu poderia passar umas férias de, sei lá, três anos aqui. É assim que me sinto com relação a Colonia del Sacramento, que eu visitei duas vezes esse ano – no réveillon e no feriado de Corpus Christi.

Colonia del Sacramento fica a umas 2 horas de Montevidéu. Também é possível chegar lá a partir de Buenos Aires, pelo rio. Essa travessia está na minha lista de trips pra fazer antes de morrer.
A parte mais linda da cidade é aquela mais antiga, cheia das casas de pedra com portas enormes, árvores de centenas de ano de idade, ruas de pedra. Cada canto é uma surpresa, um lugar bonito, de bom gosto.

Na primeira vez que fui lá era calor. Subi no farol e tive uma vista fabulosa - ao longe, apertando os olhos, dá pra ver a sombra de Buenos Aires. Na segunda vez que estive lá estava frio e com o tempo chuvoso. Alugamos um carrinho de golfe e percorremos a cidade com ele, o que foi muito divertido e nos protegeu da chuva.

Sabe aqueles lugares que parecem que saíram do Pinterest? Restaurantes charmosinhos com cardápios escritos com giz, cadeiras coloridas, jardinzinhos bem cuidados, lojinhas com sorvetes e biscoitos artesanais... Sério, Colonia é puro amor e a frase mais dita por lá é “ai que lindo!”. Bom, vou deixar que as fotos traduzam isso que estou dizendo.









E pra finalizar, esse prato delícia que comi no restaurante Casa Grande. É uma massa recheada com presunto e queijo e um molho de tomate suave. Saudades disso 



Já quero voltar. Quem vem comigo? 

2 comentários:

  1. Colonia é um dos meus lugares favoritos da vida. Quero voltar, quero ir contigo! :p

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?