18 de jul de 2016

Fazendo viagens longas de ônibus


Fazer uma viagem longa de ônibus pode ser uma jornada de medo e delírio caso você não esteja bem preparado. Eu já fiz pelo menos cinco viagens longas de ônibus – por longas entenda mais que 12 horas - e a cada experiência eu fui me aprimorando nessa arte de viajar economicamente com o mínimo de conforto. É por isso que eu, como pessoa do bem que sou, vou dar as dicas para que você não passe nenhum perrengue quando for encarar o busão ao longo da estrada da vida. 

A primeira coisa que você precisa ter em mente que em uma viagem longa a sua poltrona do ônibus é como se fosse a sua casa. É tipo a sala de estar, o quarto e a cama, tudo junto. Por isso, você precisa manter suas coisas no mínimo organizadas. Ter uma mochila que entre direitinho no bagageiro é uma boa pedida – nada mais desagradável do que ter que deixar a mochila aos seus pés por longas horas. Outra coisa é levar sempre uma sacolinha dessas de supermercado. Caso o ônibus não tenha um lixinho, você tem onde descartar as embalagens de bolacha biscoito lanches que você tiver comido.

Ônibus de turismo também costumam caprichar no ar-condicionado, ou seja, eu sempre levo um cobertorzinho comigo para evitar passar frio. Há quem leve travesseiros nas viagens, mas eu acho que eles ocupam muito espaço. Recentemente comprei um – COMO SE CHAMA? – daqueles negócios de colocar no pescoço. Travesseiro de pescoço, almofada de pescoço, sabe? Comprei um inflável por apenas 15 reais em uma loja de bagagens. Eu encho ele na hora de usar. Depois é só esvaziar, dobrar e colocar em qualquer cantinho da mochila. Mega prático.



Além de passar frio, ninguém merece ficar com fome enquanto viaja, né? E a gente nunca sabe ao certo qual vai ser a próxima parada do bus. Por isso eu sempre levo pelo menos um pacote de Clube Social e uma barra de cereal. Pelamordedeus, criatura, não leva aqueles salgadinhos fedidos – a menos que você queira ser a pessoa detestada por todos os outros passageiros. 

Na verdade, vale ser esperto e levar na mochila tudo aquilo que você acha que vai precisar ao longo do percurso: escova de dentes, lencinhos umedecidos (caso você seja daquelas pessoas que tomam uns 3 banhos por dia e não aguentam de sentir cheias de nhaca), livro (você vai precisar de alguma distração), fone de ouvido, carregador de celular (ou um carregador portátil, pra garantir), uma muda de roupas (caso o lugar para onde você está indo seja mais frio ou mais quente). É bom ter isso ao seu alcance,  porque dificilmente o motorista vai aceitar abrir o bagageiro e pegar a sua mala antes de chegar no destino final. 

Tendo esses itens aí mencionados você consegue viajar por umas boas 24 horas sem passar por maiores sufocos. Partiu? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro comentários! Vamos conversar?