26 de jun de 2012

e eu que não acreditava em amor à primeira vista...


Já contei que ando muito obcecada com coisas para casa? Esses dias, ganhei um batedor de ovos de presente. Semana passada comprei uma canecas amarelas. E hoje, abri um site e dei de cara com esse copos aqui.



Bati o olho e gamei. Pode isso?
Tem pra comprar aqui, mas achei caro pagar 12 dólares por copo.
E, de mais a mais, eu ainda moro na casa da minha mãe e posso usar os copos dela. Haha!


25 de jun de 2012

havia um coração no meio do caminho


Todo mundo tem aqueles dias que não estão bons. Quando o céu está cinzento, o trabalho não foi bom e a alegria de viver parece estar longe. Foi justamente para colocar um sorriso no rosto e um pouco de esperança nos corações que Katie Sokoler, fotógrafa/atriz/artista de rua, fez um pequeno projeto.

Ela pegou algumas pedras, pintou corações e espalhou em locais estratégicos pelas ruas.  Tudo para garantir um pouco de alegria para as pessoas que as encontrassem.






“Cuidei para preencher algumas rachaduras na calçada com as pedras, para as pessoas que se sentem tão baixo que simplesmente não podem olhar para cima”, disse Katie em seu blog. Fofo, não é? Eu amei!

Katie tem mais posts bacanas, coloridos e inspiradores no blog Clor Me Katie. Quem quiser conferir mais, pode clicar aqui. 

14 de jun de 2012

ando numas de querer cortar o cabelo


Ando numas de querer mudar. Escolher um esmalte diferente, fazer novas listas, bolar novos planos, pintar as coisas de amarelo, trocar móveis de lugar. E, no meio de tantos devaneios frenéticos, surgiu a ideiazinha de cortar o cabelo. Mas, assim, não apenas as pontinhas, como eu venho fazendo há pelo menos 15 anos.  Cortar meio que... curto. 

Dizem que quando alguém muda drasticamente o visual acaba se tornando outra pessoa. E isso me leva a algumas reflexões. Tipo, eu sempre fui a Nicole de cabelo comprido, sabe? E se essa Nicole de cabelo curto for diferente? Mais tímida? Mais ousada? Mais compulsiva (se é que eu consigo ser mais)?


Só que eu vejo fotos assim e meio que me vem uma borboleta no estômago, sabe? Se isso não é um sinal bom, não sei o que pode ser. Gases? UHAUHEAHUEHAUHEA não. 

Acho que um novo corte de cabelo viria bem a calhar pra essa fase que eu to vivendo. Desafios novos no trabalho, à beira de me formar na faculdade, com tanta coisa legal acontecendo... 

Então eu recorro a vocês, queridos leitores. Enquetezinha esperta aqui. Corto ou não? É com vocês.