21 de jul de 2016

Jantando no Petiskão

Esse não é um blog de resenhas gastronômicas
e nem pretende ser,
mas se tem uma coisa que eu gosto nessa vida
essa coisa é comer.

E é assim que começa o post de hoje, com esse breve poema elaborado por ninguém mais ninguém menos que: euzinha. E toda essa introdução apenas para contar sobre o restaurante onde eu fui jantar ontem para celebrar o meu aniversário.

Eu sempre faço diversas comemorações, talvez para afastar da minha cabeça os pensamentos de “céus, estou ficando velha, o que eu fiz da minha vida até aqui” e etc. Em todos os anos faço uma comemoração no meu trabalho, uma com meus amigos e outra com minha família.

Normalmente eu reunia a família em casa, com rissoles, refrigerante, cachorro-quente e torta, mas para o meu vintesetão eu queria fazer diferente. Há meses eu já estava com vontade de conhecer um restaurante estilo “podrão” aqui de Novo Hamburgo. Juntei a fome (de verdade) com a vontade de comer (frituras) e estabeleci que iríamos comemorar no Petiskão. Como os desejos de um aniversariante não podem ser contestados, é para lá que fomos.

Li resenhas positivas sobre o lugar no Destemperados e no Bêbada de Comida (Insta que vocês precisam conhecer, aliás) e preciso dizer que não me decepcionei. Petiskão é pra quem não se importa com frescuras e quer comer bem pagando pouco.

No cardápio estão algumas opções de massas, xis e as tradicionais a la minutas, que foi a nossa escolha.

Nessa parte do post eu preciso explicar o que é a la minuta pra quem não é aqui do RS: é tipo um prato feito e leva salada, bife, fritas, arroz, ovo frito e feijão. Em alguns estabelecimentos o feijão é vendido à parte, o que eu acho que deveria ser considerado um crime. Todo mundo sabe que uma ala minuta DAS BOAS deve vir com feijão.

Tudo veio em porções bem servidas:


E eu preciso dar atenção para esse bife milanesa a parmegiana que estava do jeito que eu mais amo: com o molho todo ~pedaçudo~ e uma abundância maravilhosa de queijo.



Dividi toda essa comilança com minha tia e sai de lá satisfeita. Ainda mais que tomei uma Bud litrão loucamente gelada, apesar do frio que fazia na rua. Beber em plena metade da semana é autorizado quando você faz aniversário.  

A hora de pagar foi uma felicidade: toda essa comida da foto ali de cima custa apenas 21 reais. Com bebidas dá pouco mais de 14 pilas por pessoa. Pode isso? E como eu era aniversariante o tiozinho do caixa ainda me deu um desconto. Conquistou meu coração.

O único ponto negativo do Petiskão é que você sai de lá com cheiro de comida impregnado na roupa, no cabelo e na alma. Mas nada que um bom banho não resolva.

Av. Pedro Adams Filho, 3274 - Centro
Novo Hamburgo/RS
Fone: (51) 3587-3473
Aceita todos os cartões

2 comentários:

  1. Adoro o petiskão, eu e o Alex chamamos carinhosamente de "o Bifão sem grife" por que o dono era funcionário do Bifão. Comida boa, preço justo é ótimo atendimento! ��

    ResponderExcluir
  2. Meu Jesusinho, que LINDEZA essa foto. Confesso que a primeira vez que olhei achei que era O BIFÃO. haha

    Eu tenho um problema sério com ovos nas alaminutas, costumo medir se a alaminuta é boa ou nao pela malemolencia dos ovos fritos hjahahahaha. Já me ferrei muito por eles virem fritos demais e a gema não estar molinha, ou seja, sem graça alguma pra mim.
    Eu odiava aniversários, costumava ficar triste e chateada nessas épocas, até que resolvi fazer diferente e fazer uma comemoração diferente a cada aniversário, isso me deixou tão feliz que ultimamente estou amando fazer aniversários, a preparação, as ideias do que fazer, balões..... Tudo ficou muito diver depois que comecei a fazer isso. Agora não foco na questão do envelhecimento e sim, na festa de arromba que dá pra fazer.

    p.s: ja querendo ir com tudo nessa alaminuta e olha que recém almocei haha.

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?