29 de jan de 2010

it old girl

Todo dia, eu e meus colegas de trabalho almoçamos no mesmo lugar - o Girassol (conhecido carinhosamente por Gira). E todo dia, na hora de ir de volta para a agência, vemos essa mesma senhora, que descobrimos que mora ali, pelas redondezas. Essa senhora que a July apelidou de Vó Genilda - e que virou nossa super musa.

A Vó Genilda poderia ser uma senhora qualquer, que passa todo dia pela mesma rua, no mesmo horário, com o cabelo grisalho e uma sombrinha na mão. Mas não. A nossa adorável vovozinha é especial. Porque ela é fashionista.

Vamos pegar a última sexta-feira como exemplo. Almoçamos, como de costume. Comemos a maravilhosa sobremesa de morangos e brigadeiro e fomos para o carro do Caio. Naquele momento, a July exclamou:
- Lá vem ela! A vovozinha que eu vou ser quando ficar velha!
Piramos. Imaginem o look dela: um vestidinho vermelho, marcado na cintura com uma fitinha preta - e com um lacinho. Tipo, uma roupa que com certeza eu vestiria. Que com certeza a July vestiria. Pura tendência.

Superpaixão. Vó Genilda não tem a palavra "cafona" no seu dicionário fashion. Vó Genilda é puro glamour. Decidimos que agora vamos levar uma máquina fotográfica na bolsa, no hora do almoço, todo dia. Vamos fotografá-la e fazer um blog "Hoje Vó Genilda Vai Assim". Vamos fazer um Twitter para ela, um fotolog, um perfil no Orkut, um MySpace, uma, sei lá, Colheita Feliz. Ela merece tudo do bom e do melhor.

Vó Genilda, cara. Você ainda vai ouvir falar dela.

2 comentários:

  1. Oiii nicole
    Sou visitante assidua do seu blog, mesmo q não faço muitos comentários nle [é q minha mãe esqueceu de me dar educação, sabe]
    Mas hj vim dizes q tem um presentinho no meu blo p/ vc..
    Estou dando [pq recebi tbm] aos blogs q curto pra caramba e q sempre leio!!
    bjs!!

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkk...
    adoreii o look da vó genilda
    cara, quando eu envelhecer quero ser assim O.o
    gostei do texto
    passa no meu blog e vê se gosta tambéem
    beijos *-*

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?