11 de jan de 2010

up - alta aventuras

Eu nunca assisti A Era do gelo, nem Alvin e os Esquilos, nem Wall-E. Essa é a hora que vocês dizem "Sério? OMG, QUEM É VOCÊ?" e me jogam pedregulhos. Tá, falando sério agora (ou não).

Eu estava na locadora ali na quinta-feira, antes do feriado de Ano Novo. Eu não fui para a praia e já previa dias monótonos no feriado - o que explica a ida à locadora. Chegando lá, logo dei de cara com o Curioso Caso de Benjamin Button, que tirei depressa da prateleira, em uma vibe meio nintendo sixty-FOOOOOUR - afinal, eu queria muito ver aquele filme. Daí fui passeando pela locadora, indecisa. Eu precisava de mais filmes, muito mais. Me deparei então com Up - Altas Aventuras. Peguei a caixinha do DVD e fiquei olhando para ela, enquanto na minha cabeça tocava "Não sei se vou ou se fico, não sei se fico ou se vou...". Eu fico meio assim com animações depois que assisti Ratatouille, que é insuperável. Então, eis que surge no meu lado um cara, que disse, com os olhos brilhantes: "Bah, é muito bom esse filme. Até eu gostei!". O que me levou a algumas reflexões que não vem ao caso, do estilo "Será que ele é exigente com filmes?" - é, eu disse que não vinham ao caso. Então resolvi ouvir a dica do desconhecido de olhos brilhantes e acabei levando o desenho também, além de Noivas em Guerra, que foi bem decepcionante.

E o desenho? Gente. AMEEEEEEEEI!


Talvez eu estivesse em um final de semana emotivo, não sei, mas chorei em diversas partes do filme. Ele tem uma musiquinha fofa, cenas engraçadinhas e também cenas comoventes.

A história gira em torno de um vovozinho vendedor de balões que embarca em uma aventura para realizar o sonho de sua falecida esposa. Ele amarra uma porção de balões na casinha dele e voa com ela até a América do Sul. É claro que ele não vai sozinho nessa empreitada: antes de ir ele conhece o gordinho, otimista e adorável escoteiro Russel (caí de amores por ele!) que precisa uma medalhinha por auxiliar idosos e resolve ir junto.

Durante a aventura, eles se deparam com outros personagens, inclusive um aventureiro das antigas. É claro que o principal é a história do vovozinho mas, cara, eu super me apaixonei por aquela ave, Kevin, e os cães falantes. As cenas deles são as melhores que existem! E as cenas do cachorrinho Dug falando "Por favor, seja o meu prisioneiro!" e "Eu me escondi debaixo da varanda porque amo você" são demais! ;D

Abaixo, compartilho com vocês, caros leitores, a parte mais fofa e triste do filme, que eu assisti umas, sei lá, 2470 vezes. Veja aqui com melhor resolução.


E qual a conclusão de toda essa lenga-lenga? Óbvio, cara! O desconhecido-de-olhos-brilhantes-da-locadora sabe de fuckin’ tudo quando o assunto é cinema! Tomara que eu encontre ele mais vezes, hahaha.

- Para terminar. Mais uma vez os anúncios Google deste blog estão rendendo espanto e diversão. Procurando por algum chat namoro ou pela sua cara metade? Informações sobre festas de 15 anos? No blog da Nicole tem link! É, virou um sopão misto, pelo jeito. hehehe.

4 comentários:

  1. Esse filme é MUUUUUUUUUUUITO bom, a melhor animação que já vi (Y), se der da uma passadinha lá no meu blog, www.welldeculturainutil.blogspot.com :D
    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse filme...
    to começando .bjocas

    ResponderExcluir
  3. Nathália Carvalho.sábado, janeiro 30, 2010

    Cara você nunca assistiu A era do gelo.
    de onde você é ?

    O goordiinho é muiito lindo.

    ResponderExcluir
  4. Ahh assisti esses videos agora no youtube, e esse filme já foi pra minha lista!!:D
    Sério, adooooreiii!! Vou assisti-lo!!
    Ahh gosto muito do teu blog Nick, se tiver uma oportunidade dá uma conferida no meu...
    Estou te seguindo já e coloquei teu blog nos meus links!!

    Beijoss
    (daianavlopes.blogspot.com)

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?