13 de jan de 2010

a primeira eliminada

Definitivamente, minha história no BBB seria curta. Eu seria aquela que fica no muro, é amiga de todo mundo e não faz complô. Eu não seria a grande jogadora estrategista, nem a gostosona sedutora - e com certeza não faria parte do time dos "coloridos". Por outro lado, faria do Sr. Orgastic o meu melhor amigo e trocaria altos papos bafo com Dicesar- que me maquiaria e falaria bem do meu cabelo.
Eu seria a primeira a desistir das provas de resistência e gritaria palavrões quando me acordassem cantando e pulando na minha cama. Também gritaria palavrões chegando nas festas mais bacanas que acontecem no quintal da casa. E gritaria palavrões também quando eu me deparasse com qualquer tipo de quarto mega bagunçado ou inseto cascudo.
Eu tentaria ser super autêntica, mas travaria contando vários histórias - afinal, estaria sendo assistida pelas minhas vizinhas, meus ex professores de geografia e, sei lá, todo tipo de gente. É muita pressão, gente!
Na verdade, acho que eu acabaria pedindo para sair. Aguentar pessoas sem conteúdo, bagunceira e querendo se aparecer o tempo todo? Fico melhor assistindo pela televisão, hehehe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro comentários! Vamos conversar?