29 de jul de 2013

buenos fucking aires - o começo

Esses dias realizei mais um sonho, daqueles que estão anotados no meu caderninho de capa colorida: conhecer Buenos Aires. Essa ideia, aliás, surgiu em um dia de verão, dezembro do ano passado. Eu e uma amiga estávamos em um bar perto da faculdade - um pouco embriagadas - e conversávamos sobre o ano que estava por vir, com todas as coisas que queríamos fazer, resoluções e etc. A vida pós-formatura parecia uma imensa página em branco, e o futuro parecia empolgante e assustador ao mesmo tempo. A certa altura, com papel e caneta em mãos, assinamos um termo que dizia – com letras trêmulas de pessoa bêbada – que viajaríamos para Buenos Aires em julho de 2013, para comemorar os nossos aniversários (o meu no dia 20, o dela no dia 24). Falamos dessa promessa para uma outra amiga em comum que na hora disse “vou com vocês”.

Então, como o universo conspira a favor das pessoas que são show, tipo nós - haha, acabou dando certo e no dia 18 de julho nos embarcamos com destino a terras Hermanas. E é aí que entra o turbilhão de coisas que eu quero contar aqui. Sobre a organização do roteiro, as coisas que conheci, dicas de viagem, câmbio, transporte, comida e etc. Primeiro eu pensei em organizar tipo um diário de viagem, separando tudo por dia e narrando os acontecimentos. Mas achei que seria meio boring – tanto pra mim quanto pra vocês. Então resolvi que vou ir contando aos poucos as coisas mais legais, à medida que eu for me lembrando (e tiver um tempinho sobrando). Nesse vídeo aqui, um teaser dos momentos que rolaram lá.


O roteiro de viagem saiu da minha cabeça, através de conversas com as pessoas certas, dicas de amigos, pesquisas em milhares de blogs, espiadas em reportagens e livros-guia. E contou, é claro, com colaborações das amigas que viajaram comigo. Se você pretende ir para Buenos Aires em breve e quer algumas dicas ou ajuda para montar o roteiro, pode mandar um e-mail pra mim, nicolesdias@hotmail.com, com Buenos Fucking Aires no campo assunto. Pretendo ajudar no que estiver ao meu alcance – e dentro dos meus conhecimentos de mochileira das galáxias. ;)

Logo eu volto para contar sobre Recoleta, subte, Farmacity, empanadas e todas as delícias que fizeram parte dos meus dias. E dos dramas também. Tipo quando jogaram meu doce de leite fora em pleno aeroporto.

EU VOLTO.   

3 comentários:

  1. Poxa, que delícia Ni! Aproveita bastante! E, futuramente, vou com certeza pedir umas dicas :)

    ResponderExcluir
  2. Espero que alguma das poucas dicas que te dei tenham sido úteis. Buenos Aires é demais, de fato, mas uma coisa que eu dispenso se algum dia retornar é JOGO DO BOCA X CORINTHIANS, COM O MEU PAI CORINTIANO, NA TORCIDA DO BOCA. Pensei que fosse morrer, risos.

    ResponderExcluir
  3. Sou louca por BsAs! Cada centímetro daquela cidade me faz ter coisas!

    Enjoy!


    Beijo,beijo!
    Carolina Vayda
    www.runvaydarun.blogspot.com

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?