9 de jul de 2013

a menina dos cupcakes. ou melhor, eu.

Entre as coisas que eu mais gosto está o mundo da decoração. Sou viciada em revistas e blogs de decór. Escrevo sobre isso no meu trabalho, o que faz com que eu me aprofunde muito mais no assunto – e me interesse cada vez mais, por consequência.

Sempre que vou ao shopping, gosto de dar uma espiadinha nas novidades. A loja Camicado tem sido meu amor eterno e verdadeiro nesses últimos tempos. Foi numa dessas passeadinhas que comprei, por impulso, 6 forminhas de silicone em forma de coração. Para cupcake.

Se bolos nunca estiveram entre minhas especialidades, cupcakes estavam naquela lista de “coisas que acho lindas mas nunca conseguiria fazer”. Resolvi acabar com esse paradigma e colocar a mão na massa – literalmente.

Pesquisei na web um milhão de receitas, optei pela que parecia mais tranquila de fazer e me enfiei na cozinha. Muito tempo e muita farinha depois, consegui chegar a um resultado bonitinho e saboroso – embora tenha demorado MUITO e me incomodado demais. Afinal de contas, eram 6 bolinhos de cada vez e eu não tenho muita paciência de esperar pelas coisas. Imagina esperar cada um deles assar, depois esfriar para poder desenformar e voltar a usar a forma? Um processo trabalhoso. Mas que ficou bom, no fim das contas.

eu que fiz! :)

Usei mais umas 3 vezes minhas forminhas de coração. Até que percebi que estava gostando de verdade desse universo dos minibolos, e precisava aprimorar minha forma de produção. Fui novamente até a Camicado e comprei uma enorme forma de muffim e cupcake. Com espaço para UMA DÚZIA de bolinhos. E que eu poderia enfiar tranquilamente dentro do forno convencional, com papel e tudo. Nem preciso dizer o quanto minha vida mudou. Ou preciso dizer, já que estou relatando tudo aqui.

Resolvi investir mais. Comprei formas coloridas, corantes, confeitos com formatos... Pirei nas comprinhas de confeitaria. E posso dizer que foi um dinheiro bem investido – e que me deixou bem contente. Me puxo na cozinha e enfeito com gosto  -embora eu não seja nenhuma especialista e meus cupcakes não cheguem nem aos pés daqueles que vemos na televisão e no Pinterest.

No Dia dos Namorados, levei um cupcake cor de rosa pra cada colega da minha equipe de redação na agência. Adocei o dia dos solteiros e dos apaixonados. E pretendo fazer belas fornadas para meu aniversário... Tô pensando ainda, já que tenho muitas emoções até lá (aguardemmmm...).

Só de pensar no cheirinho de bolo assando que fica pela casa, dá vontade de catar a batedeira e começar a misturar tudo. Mas agora tá mesmo passando A Guerra dos Cupcakes na televisão, e eu vou é lá assistir e me inspirar! :D

Para finalizar o post, uma pergunta: você gostaria de ver um vídeo meu ensinando a fazer cupcakes? :)


Beijos confeitados e até a próxima. 

3 comentários:

  1. Eu faço um com cobertura de nutella que é demais! Aliás, tem um segredinho: você coloca o nutella em cima do bolinho ainda quente e logo põe na geladeira. Esse choque térmico deixa a consistência do nutella mais firme e não meleca tanto!

    Aaahhh, pode também colocar o nutella dentro de uma seringa e injetar dentro do bolinho!! :p


    Beijo,beijo!
    Carolina Vayda
    www.runvaydarun.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. sim, uma delicia, deu agua na boca agora rs.

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?