26 de fev de 2012

asteriscos aleatórios

Então eu prometi que em 2012 ia postar com mais frequência, mas acabei me ausentando por mais tempo que devia aqui no blog. Peço desculpas se decepcionei meus 3 leitores. Estou de volta – eu acho.

ACHO mesmo, porque começam minhas aulas. Foi bem assim: do feriadão de Carnaval direto para a sala de aula. Obrigada, Feevale, por encher de encanto a minha quarta-feira de cinzas. Enfim. Tem muita coisa acontecendo. Vou contar algumas em partes, em asteriscos aleatórios. Vem gente!

* Descobri – e me indignei ao descobrir – que band-aid é uma coisa cara. Eu nunca havia comprado isso antes, mas a necessidade falou mais alto. E isso me obriga a contar pra vocês que a marca que eu tinha no braço não era, na verdade, uma picada de aranha: era uma queimadura com limão. Sabe quando você está na praia, faz caipirinha, não lava os bracinhos e sai pro sol? É, foi o que aconteceu. Eu sou uma dramática sem noção? SOU. Eu fiz um post kind of mentiroso aqui no blog? SIM. Fiz um puta drama e tudo não passava de uma queimadura. Desculpaê. Mas, o que eu tava falando mesmo? Ah, sim, band-aids. Agora eu tenho que cuidar muito bem dessa queimadura, porque ela descascou e está meio que em ~carne viva~. Não pode pegar sol e tem que estar sempre com pomadinha e tal. E então preciso colar um band-aid encima. Pensei que combinaria comigo um daqueles curativos coloridinhos, de princesas ou de Smurfs ou de sei lá o que. Na minha cabeça eu já ostentava um band-aid cor de rosa com roxo. Coisa mais querida. Só que a realidade sambou na minha cara. Cheguei na farmácia e vi que a caixinha com 25 curativos da Hello Kitty custava quase 8 reais. QUASE. 8. REAIS. Fiquei puta da vida e acabei comprando uma caixa daqueles “cor de pele” mesmo, mega sem graça. Por que isso é tão caro? É tipo um adesivo, não tem nada de especial! Pois é, a vida não é justa.

* Fui numa festa de quinze anos na semana passada. Faziam pelo menos uns 4 anos que eu não ia em uma. Mas, no geral, continua a mesma coisa. Geralmente você (eu) já chega (sempre chego) com fome e fica se digerindo internamente enquanto a aniversariante chega, dança valsa com uns 50 pessoas, tira foto, fala no microfone. Daí, quando chega a hora da comida, você tem vontade de ajoelhar e agradecer aos céus. Essa festa que eu fui teve o bônus do anonimato. Como a festa era de alguém da família do meu namorado, eu não conhecia as pessoas – e elas também não me conheciam. Comi massa carbonara como se não houvesse amanhã, me joguei em todos os docinhos que tinham cerejas gordas e suculentas, bebi champanhe e até dancei na pista as coreografias que embalaram minhas festinhas legais dos anos 90. Ainda tirei foto com a menina e levei pra casa doces e lembrancinhas. Quero ir numa festa de 15 todos os finais de semana! :)

* Acho que estou virando adulta. Ontem entrei numa loja de objetos para casa e quase, eu disse QUASE, comprei um batedor de ovos. Você leu direito. Eu, que mando na cozinha no máaaaximo um strogonoff mediano e uma massa com molho de nata, morri de amores por um batedor de ovos. Mas gente, a base dele era uma cabeça de porquinho! Se vocês vissem iam amar também, com certeza. Olha só que amor:

Na verdade, tô pensando nele agora e estou meio triste por não ter comprado. Só que eu ando meio pobre e se eu comprasse ele não teria dinheiro para sobreviver até o próximo pagamento. Então, numa atitude muito madura, abri mão do tal do batedor. Fica pra próxima. :(

* Na grade curricular do meu curso de jornalismo existem 4 disciplinas que são chamadas “Optativas”. Ou seja, entre uma pequena lista de disciplinas disponíveis, eu poderia OPTAR por 4 que mais me agradassem. E então esse semestre eu resolvi estudar libras. A linguagem brasileira dos sinais, sabem? Usada pelos surdos e mudos e tal. A aula começou na quarta-feira. Já aprendi o alfabeto e coisas básicas como “eu te amo”, “meu nome é”, bom dia, boa tarde, boa noite e boa semana. O mais bacana é que a professora é surda! Então vamos aprender com quem usa as libras por necessidade MESMO. Acho que vou ter muito pra contar sobre isso ao longo do semestre. Fiquem ligados!

*Nossa, já escrevi tanto. Acho que agora posso ficar mais umas 5 semanas sem aparecer por aqui, né gente? NÉ GENTE?

silêncio na sala


7 comentários:

  1. Que tri que tu está estudando LIBRAS, Nicole! Adorei ;)
    Boas melhoras com a queimadura!

    ResponderExcluir
  2. Não são 3 leitores, ok?! Tem um "tantão" que vem aqui!
    Meu, compra o batedor! É DAORA!

    Fiquei com inveja de você fazendo libras! Tô no 3° semestre de Letras lá na Unisinos e ainda não consegui fazer essa disciplina, por causa dos horários!
    Sucesso Nicole!

    ResponderExcluir
  3. Rindo eternamente com os "3 leitores". Acho que teu pai, tua mãe e teu irmão não contam! ahahahaha
    brincadeirinha.
    Acho o máximo tu fazer libras, quando tu acabar pode fazer um vídeo e depois colocar a tradução em libras. Tipo horário político!
    Bjocas

    ResponderExcluir
  4. A gente te perdoa se tu fazer um vídeo do abecedário da xuxa em libras hahahahaha... :)
    ACHEI O MÁXIMO tu ter escolhido esta cadeira, conta tudo pra gente hein.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Realmente, bem mais que três! Amei o o batedor de porquinho...e esse pagto que demora tanto?? rsrs bjs Queri

    ResponderExcluir
  6. Duas coisas:

    1) Eu quero esse batedor
    2) Eu muito queria fazer LIBRAS!

    =)

    ResponderExcluir
  7. Ah, eu estou começando meu curso de jornalismo agora, então não tenho optativas ainda. Acho eu que é no segundo ou no terceiro semestre. Não sei se libras segue pro lado que eu quero, estou afim de ver umas aulas lá curso de letras e design.

    Quanto ao batedor, gente, muuuuuuito fofo! Eu tinha um apontador de porquinho que foi minha grande paixão. Aí ele quebrou, mas trauma superado.

    Já a festa de 15 anos... Alguém precisa me convidar pra uma logo! Já tem dois anos que não vou numa! Gente, é muito bom atacar docinhos! *-*

    ps: volte sim senhora! Tipo, daqui uns dois dias! Run! Tu voltou diva do TDB, sério, tu não pode ficar away.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?