1 de mar de 2009

missão impossível: assistir tv

Jeová me livre de domingos na companhia de Faustão. Ou Gugu. Ou de qualquer programa de televisão da tv aberta (salvo BBB e o Pedro Miaaau). Porque, com algumas exceções, eu não assisto televisão. Não gosto, não me prende a atenção. Prefiro perder tempo com outras coisas muitíssimo mais produtivas: pintar as unhas, comer, ler e, bem, comer (magra de ruim mode on). A televisão aqui de casa, se dependesse de mim, viveria constantes momentos de solidão.
Mas o fato de eu desgostar não é tudo.
Descobri recentemente que não consigo assistir televisão em silêncio. Mesmo se é algo que eu gosto de assistir como, digamos, Grey's Anatomy, eu sinto a estranha necessidade de falar coisas sem noção, ou sem resposta, como: "Mas, mãe, o que ele estava pensando quando disse isso?" ou "Mas como ele pôde ter a audácia de fazer uma coisa dessas?". Ou então eu percebo semelhança de algum ator/atriz com alguma pessoa de outro filme ou com pessoas conhecidas. "Pai, olha só, esse cara é a cara do vizinho da Fulana!" - isso acontece muito. Eu canto as trilhas sonoras também. E critico as propagandas.
Sim, eu sou um pé no saco, eu sei. Mas vou falar em meu favor: não é sempre que eu faço isso. Às vezes, por incrível que pareça, consigo ficar caladinha. É raro, BUT I CAN DO IT!

Para ilustrar isso tudo, uma cena que ocorreu algumas semanas atrás:
Minha mãe assistindo Private Practice na televisão. (Particularmente, não sou muito fã desse seriado. Pra mim, Addison Montgomery vai ser eternamente a esposa traidora do McDreamy. Se bem que com o McSteamy até eu, hein?). Na tela o momento é tenso. Uma mulher (não sei o nome dos personagens, ok?) está em casa, toca a campainha. Ela abre a porta, tem um cara lá. Foca no cara, foca nela de novo. Foca nos dois.
Cara diz, de maneira hesitante: - I just...
Nicole diz, a plenos pulmões: - ... CAAAAALL... TO SAAAY... I LOVE YOUUU!
Mãe diz, com voz de censura: - Nicole, shitiiiu! (som de fazer silêncio).
Nicole e Douglas riem baixinho. :D
______
A propósito, alguém quer ir lá assistir House comigo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro comentários! Vamos conversar?