23 de jul de 2012

o começo de alguma coisa

Anna puxou as mangas para cima e secou uma lágrima que escorria pela bochecha. Ela vertia não em função de uma tristeza momentânea, e sim devido a uma cebola especialmente grande que estava sendo descascada. Com uma curiosa sensação de prazer, Anna colocou a cebola sobre a pia e cortou-a ao meio em uma facada só. Pedaços pequenos foram picados e, então, jogados na frigideira quente. Em seguida, tomates gordos foram fazer companhia para as cebolas que chiavam. Da geladeira veio uma garrafa de vinho. Anna encheu uma taça e tomou metade dela em um gole só. A outra metade foi jorrada para a mistura vermelha, que começava a se tornar um molho.

O aroma na cozinha se tornava cada vez mais interessante. Senhor Minkos, o gato, veio da sala fingindo desinteresse, mas dando olhadas furtivas para cima do fogão. Anna enxotou ele com o pé, enquanto enchia outra panela com água e colocava sob o fogo. Deu uma mexida na panela dos tomates e experimentou um pouco. Colocou uma pitada de sal e experimentou de novo. Ótimo.

Jogou uma porção de espaguete na água que fervia e pegou no armário sua louça mais bonita. Colocou na mesa um prato, um garfo e uma faca. Escorreu a massa, jogou o molho por cima. Sentou à mesa com a taça de vinho e começou a comer. Nada mal para uma noite de segunda-feira, pensou, satisfeita.

4 comentários:

  1. Nada mal mesmo, mas poderia ter uma companhia.
    Isso é o começo de um conto, tu vai continuar né?

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Ter uma companhia seria bom tb,alguém que a compreendesse mas e se não tivesse?E se ela estivesse satisfeita,em paz,tranquila e feliz por si mesma?As pessoas complementam a nossa felicidade,mas quem a preenche somos nós.

    ResponderExcluir
  3. Me deu vontade de fazer algo assim. Expulsar todo mundo de casa. Abrir a geladeira e ir tirando tudo que é bom e colocar numa panela, mas para acompanhar iria preferir uma cerveja, não sou phyna.

    Não acho nenhum problema a semana começar sozinha. Aprender a ser só é o melhor para saber lidar mais tarde com os outros.

    Gosto do teu blog Nicole, pena que leio pouco. Vou tentar me dedicar mais.

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?