14 de dez de 2011

pessoas que andam devagar quando saem da escada rolante

Fazia tempo que não rolava aqui no Blogando um post cheio de reclamações e coisas que me incomodam. Esse aqui tá cheio. Vem comigo!

Quem me conhece sabe que eu sou uma pessoa meio... inquieta. Comigo não tem sossego. Não existe essa de ficar o domingo todo deitado no sofá vendo a vida passar. Eu sempre vou inventar alguma pessoa para visitar, ou alguma gaveta para esvaziar e depois tornar a colocar as coisas no lugar. Ou vou andar várias quadras até uma padaria só pra comprar 3 folhadinhos de salsicha com gergelim por cima, ou vou organizar fotos, etc etc etc.

Fico meio irritada com gente que fica se amolando com as coisas, e mais de cara ainda quando alguém diz que vai fazer uma coisa e não faz LOGO. A pessoa diz que vai tomar banho mais fica vendo coisas do 9gag. A pessoa diz que vai buscar um café mais fica vendo coisas no 9gag. A pessoa diz que vai responder seu e-mail mas fica vendo coisas no 9gag.

Também me incomodo com pessoas que andam devagar. Pessoas que andam devagar e bloqueiam a calçada e me obrigam a andar um pouco pela rua para poder ultrapassá-las. Isso me deixa puta. Mas o que me incomoda mais ainda são as pessoas que andam devagar quando saem da escada rolante.

Como o próprio nome diz, a escada ROLANTE é um negócio que está em movimento. Ela está levando você em alguma direção (para cima ou para baixo) e não vai parar. Daí o cara tosco vai lá, chega na ponta da escada e ao invés de dar um passo grande e sair andando pela vida afora, dá uma freiada e sai bem devagarinho andando. E isso me obriga a

a) Andar devagar atrás da pessoa

b) Ser obrigada a dar uma ~paradinha~ até a pessoa sair da sua estúpida inércia

Seja a ou b, fico irritada. Porque na escada rolante não é como na rua, que eu posso simplesmente andar em ziguezague pelas pessoas, ultrapassando elas como se a vida fosse uma eterna partida de Gran Turismo. Na escada rolante é preciso esperar. E, se der azar, ainda esbarrar nas pessoas, encostando nas costas dela – ou sendo encostada pelas pessoas que estão atrás. Argh!

E quando você acha que não tem nada pior, surgem aquelas pessoas que têm MEDO da escada rolante. E, claro, elas estão na sua frente para subir na escada, e deixam passar vários degraus até ter coragem de enfrentar. Como se um degrau fosse diferente do outro. Como se subindo no degrau “certo” você ganhasse, sei lá, um Golden ticket. E, obviamente, são lerdas na hora de descer – vai que a escada SUGA eles lá pras profundezes misteriosas? Ok, eu ficaria bem feliz se isso acontecesse. Pronto, falei.

5 comentários:

  1. hahahahaha... é muito irritante mesmo, mas o que me deixa mais puta são aquelas pessoas no centro de Porto Alegre, ou qualquer outro que esteja sempre cheeeeio, passeando. Como se estivesse em um shopping olhando vitrines, pra quem passa sempre correndo é muito chato. Ainda acho que deviram fazer duas mãos nas calçadas, uma vai e outra vem, pensa como seria maravilhoso, todos no mesmo sentido, isso já facilita ultrapassar os lerdos.
    bj

    ResponderExcluir
  2. POUTZZZZZ, nem me fale...

    Compartilho do seu ódio e digo mais, eu simplesmente me irrito com essa categoria de pedestres (http://ahdeixaeufalar.blogspot.com/2011/09/da-serie-coisas-que-me-irritam-8.html)

    beijinho

    ResponderExcluir
  3. aaaah eu odeio isso. Acabei de voltar do shopping e umas vinte pessoas fizeram isso na minha frente na escada rolante. :(((
    Compartilho as tuas reclamações.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Pois é, também acho que as pessoas devem andar mais antenadas, pensando um pouquinho mais nos outros quando em local público e coisa e tal. Pois bem, fiz uma artroscopia no joelho e, acredite, mesmo que fosse a intenção, minha perna não acompanhava a ordem de "anda, sai logo dessa escada!" Eu me espremia no cantinho para não impedir a passagem e fui tocando a tal da escada rolande. Então, diante do exposto, conto com o seu blog para difundir a idéia de que evitar ficar no degrau imediatamente após o cara da frente (muitas vezes, com a cara na bunda dele) pode ajudar, e muito, a convivência nas escadas e os imprevistos.
    Parabéns pelo blog. Determinação na monografia!

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?