9 de ago de 2010

maionese

Não, esse post não é inspirado naquela música "maio-neee-se, ele me bate, bate feito maionese...". Aliás, se fosse sobre isso o post seria enorme, porque eu analisaria cada trecho dessa música que é sabedoria pura. Mas enfim, não é disso não.

Esse post é praticamente um desabafo. É o momento de pôr para fora aquela angústia, aquele rancor, aquela mágoa que fica escondida lá no âmago. Afinal, vocês precisam entender como é a vida de uma pessoa como eu. Uma pessoa que não gosta de maionese.

Uma pessoa que não gosta de maionese é vista com olhos hostis. Olhos de desprezo. Olhos de descrença. "Mas tu já comeu maionese algum dia? Como tu pode dizer que não é bom?" e "Cara, isso é mentira, não é?" são as frases mais ouvidas quando eu digo que não gosto de maionese.

Maionese é, certamente, uma das piores invenções da humanidade. Tipo, tem aquelas maioneses caseiras e tal. E, cara... maionese é um horror! Tem ovo, batata, azeite, temperos. ARGH! É uma pasta maquiavélica dos infernos! Pura gordura! Me dá "um ruim" só de pensar. Já aquelas de potinho, um ARGH duplo. Nem vou tecer comentários a respeito.

Na verdade, eu não entendo essa comoção toda que as pessoas têm por maionese. Costumo fazer altas jantinhas com meus amigos e, para eles, o ponto alto da noite é comer pãozinho torrado com maionese verde. Os meninos assam um monte de pão e depois todos ficam besuntando tudo com aquela maionese e comendo e suspirando e curtindo cada momento dessa inigualável experiência gastronômica. E eu fico bebendo. Ou pegando migalhas de pão que não tenham sido contaminadas pela maldita.

Outro exemplo prático: fim de tarde, happy hour com os colegas de trabalho. Vamos todos para o kchurrasco, lugarzinho muito legal de Novo Hamburgo. Chegando lá, depois de mandar vir aquela cervejinha, começam os pedidos: "kchurrasco duplo de frango!", "kchurrasco de lombo e carne" e tal. E daí chega eu: "kchurrasco simples de coração. Sem maionese, tá?". Todos me olham com aquela cara típica. Acho que até o garçon se indigna.

Não adianta insistir! Eu não vou comer maionese. Não vou! E já que eu comecei a falar, eu confesso: também não gosto de milho, nem de ervilha. E não curto coisas agridoces, tipo carne com molho de, sei lá, morango. Argh!

Pronto. Podem começar a comentar agora sobre as maravilhas da maionese. Vocês não vão me convencer, ok? Um beijo ;*

9 comentários:

  1. hahahahaha...eu odeio maionese, nossa que coisa mais horrível, só cheiro...ui!!!
    me vi neste post :)

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto de maionese, gosto de mostarda, e gosto de ketchup. Mas ODEIO salsicha (você sabe do que elas são feitas, ham? ham?). Milho e ervilha também não gosto, e o mais esquisito e que ninguém entende: detesto pipoca.

    Tem gente pra tudo no mundo!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Hahaha
    por anos eu repudiava maionese e passava pelos mesmos ollhares que vc passa.
    E hoje, quem diria, a-do-ro maionese.
    Mundo loco esse... hehe

    ResponderExcluir
  4. Ahhh eu também não sou fã de maionese. Ainda mais que tem que tomar o maior cuidado com ela pq estraga fácil. Te entendo! :P

    ResponderExcluir
  5. Bom cara, eu gosto de maionese :D Mas não gosto de cebola :s HORRIVEL!

    E minha mãe então que não gosta de arroz, todos falam: - tu já comeu? mas tu tem que comer arroz, todo mundo come. ainda mais com feijão. ¬¬ mto chato, patético.

    bjs, to te seguindo aqui e no twitter :D

    ResponderExcluir
  6. Vou te contar um segredo. Também não vejo graça na maionese e nem lembro mais como é o sabor dela o.0

    bjaaaaaaao nic

    ResponderExcluir
  7. Amor!
    Pra te deixar feliz, tenho uma amiga que não come maionese!
    E ela foi rainha da Oktober. Mas era engraçado quando a gente saia e ela dizia os sem maionese.
    Mesmo tu sendo estranho por não gostar de maionese, eu te adoro! ahahah
    Beeeijo

    ResponderExcluir
  8. Eu também odeio Maionese, tem um cheiro horrível, é gosmenta e não tem utilidade nenhuma. Sem contar que é super calórica.



    :)

    ResponderExcluir
  9. Eu amo maionese. Mas não gosto de ervilha, te compreendo.

    Quando eu li o titulo nem lembrei dessa música ai não... lembrei da musica de Doug "patty vc é minha maioneeese"


    beeijo

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?