18 de ago de 2014

detalhes da minha festa de aniversário, #quase30daNicole

Em julho desse ano eu completei 25 anos. Sempre tive uma relação meio tensa com essa coisa de ficar velha. Por fora eu vejo as mudanças acontecendo – o olho mais enrrugadinho quando eu sorrio, os primeiros fios de cabelo branco que se destacam, o cansaço depois de uma noite mal dormida... Mas por dentro eu me sinto a mesma: uma verdadeira criança, feliz e incansável. Então bate uma tristeza e um pavor essa coisa de passar da barreira dos “20 e poucos” para, enfim, pisar com os dois pés na chamada “vida adulta.” Enfim, aproveitei que nunca fiz uma grande festa de aniversário – nem nos meus 15 anos – para celebrar essas bodas de prata em grande estilo, e nesse post eu vou mostrar um pouquinho da minha comemoração – chamada “Quase 30 da Nicole.”

Minha ideia era não gastar muito (até porque eu nem estava podendo). Então passei horas pesquisando referências e coloquei a mão na massa para garimpar opções e fazer eu mesma a minha decoração. Uma festa barata, criativa e linda!

O convite. O bonequinho é EU! 

O tema da festa? Cores, dinossauros e unicórnios, óbvio. Um amigo meu fez o convite e a identidade visual da festa, com os personagens que eu acabei usando nos detalhes. Comprei bandejas, pratos e copos de cores diferentes, priorizando rosa, laranja e verde (uma festa discreta não seria uma festa com o selo Nicole de qualidade). Desenhei milhares de bolinhas e triângulos, que usei para decorar as paredes e o corrimão da escada que havia no espaço. Fiz um 25 enooooorme com cartolina de modelagem (é uma cartolina maior e mais durinha) e colei nos números retalhos de papel, de forma a criar um verdadeiro mosaico. Contei com a super ajuda da minha mãe, que recortou a maioria das ideias que eu tinha e me ajudou MUITO.  

A arte de não olhar pra foto... Domino. 




Comes e bebes: comprei algumas cervejas, refrigerantes, sucos e destilados para dar o start da festa. Fiz naquele esquema de “traga junto suas bebidas”, porque a sede dos meus amigos é infinita e meu dinheiro não daria conta. Para comer, risoles de frango e presunto & queijo, coxinhas (que eu AMO), bolinhas de queijo, cachorro-quente, brigadeiro, beijinho, torta... Fiz também uma mesa com guloseimas: balas, ursinhos com vodca, gelatinas de voda, pipoca salgada e doce (sem vodca), salgadinhos de pacote...

A festa estava cheias de plaquinhas divertidas... Tinha uma que dizia "não pegue a cerveja dos amigos". hahaha 




Um dos pontos altos da festa foi o momento em que estourei DOIS balões surpresas. Dentro deles, além de brinquedinhos e apitos, coloquei algumas "missões"... Tomar tequila, fazer novos amigos, elogiar as pessoas, tirar fotos no espelho... Foi bem legal ver a galera se esforçando para cumprir os desafios. Também levei pra festa uma arma de brinquedo - que era devidamente abastecida com tequila - e um capacete para colocar latas de cerveja, que comprei no Ali Express (melhor compra da vida).




Contratei um DJ – que por sorte é amigo meu e é muito talentoso – para animar a festa. Para as fotos, estipulei uma hashtag e pedi para todos usarem ela – as fotos espontâneas do Instagram sempre são muito mais legais que qualquer registro de fotógrafo. Aluguei um espaço bacana e pronto. Alguns dias corridos de preparativos, um sábado inteiro decorando, colando e me queimando com cola-quente e pronto.

Foi lindo, foi feliz, estava cheio, os amigos curtiram, eu amei. Tanto que perto das 6 horas da manhã eu, acabada, tive que dizer para os meus amigos: amo vocês, mas podem ir agora? HAHAHA sim.

Espero que gostem das fotos da festa... Ah, fiz um board no Pinterest com mil ideias e inspirações – que me ajudaram muito a montar a festa do jeito que eu sonhei. Sigam lá!

Beijos e até mais. ;) 

Um comentário:

  1. Gente que genialll!!
    Também tenho esta neura de estar ficando velha e faço 25 em novembro, um dia de muita tristeza e deprê, todo santo ano..
    Mas, com este incentivo de ânimo em comemorar seus 25, entro na onda de festinha assim tbm pro meu hehehehe

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?