17 de abr de 2011

a triste história do meu celular problemático

No final do ano passado eu resolvi passar o meu telefone pré-pago para pós-pago. Uma das razões foi que eu não aguentava mais ficar sem cartão e ter que ficar ligando para os outros à cobrar (tri pobre). E a outra razão foi que fazendo essa troca, a compra de um outro aparelho é tri de barbada, baratinho e tal. E eu andava querendo um smarthphone. Então em dezembro eu adquiri um telefone todo bonito e rosa, um C3, pela bagatela de R$49,90. Quase dado.

O nosso relacionamento ia às mil maravilhas. Eu twittava de dentro do ônibus, do cinema, pesquisava coisas, mandava um milhão de torpedos, ligava pra todo mundo, escutava música na academia, etc – essas coisas que todo mundo faz com seus telefones. Até que o problema começou a acontecer.

Eu estava em uma botequinho com duas amigas, quando um amigo meu me ligou. Eu atendi, de uma maneira costumeira: “Oeee” – estilo Sílvio Santos. E ele: “aloô? Nicole? Aloooouuuuuwww?”. E eu fiquei meio sem entender. Afinal de contas, eu tinha atendido a droga do telefone... Daí eu berrei que estava em determinado local, e ele me ouviu. Mas, vejam bem, eu tive que berrar. Em público. Pois é.

E daí começou. Algumas pessoas me ligavam e me ouviam normal. Outras gritavam: “NÃO TÔ TE OUVINDOOOO, A LIGAÇÃO TÁ BAIXAAAA!!!”, sendo eu EU escutava perfeitamente tudo. Então eu resolvi que assim não dava mais e levei meu aparelho para uma autorizada, que enviaria ele para a assistência técnica lá em Porto Alegre. Ele ficou lá por 15 dias, e eu tive que colocar o chip no aparelho antigo que tinha.

Até que ontem eu fui lá buscar ele.

Chovia muito em Novo Hamburgo, mas eu e minha sombrinha vermelha enfrentamos as duas quadras que eu precisava caminhar. Chegando lá...

Moça da loja: - Tá aqui o aparelho. Foi feita uma atualização de software.

Eu: - mas por que foi feita uma atualização de software? Eu pensei que o problema fosse no microfone, ou alguma coisa assim...

Moça da loja: - É, mas provavelmente a Atualização do software resolveu o problema.

Eu (já desconfiada): - Hm, beleza, vou testar então.

Coloquei o chip nele, liguei pro meu pai e logo começou o habitual: “alô? Nicole? Não tô te ouvindo! Alo? Aloww??”. Então eu olhei pra moça e disse: “Não funciona!”. O que me leva a pensar: porra, mas eles não testam as coisas? Que sacanas! Então a moça ligou para mim pra ela ouvir com os próprios ouvidos. Ou não ouvir, na verdade. Realmente, não funcionava.

Moça da loja: - Tu quer mandar de volta para a assistência técnica? – ela ainda teve a audácia de perguntar.

Eu: - Mas é ÓBVIO que eu quero mandar!

Não, não, deixa assim, quero continuar com esse telefone que as pessoas não me escutam. É bom falar sozinho... NOT.

Então, amiguinhos, estou sem meu telefone rosa e lindo. E ficarei mais 10 dias sem ele. Quer dizer, isso se ele voltar consertado dessa vez... Vamos esperar pra ver.

Alguém já teve algum problema desse tipo? E ainda nessa linha kind of tecnológica, aguardem o post “Comprei um notebook – logo, sou pobre”. Beijo!

8 comentários:

  1. Boa sorte aí com o teu filho rosa, o meu tá funcionando, não perfeitamente, mas a história é engraçada, em pleno natal fui ao banheiro com ele no bolso e ele acabou caindo dentro do vaso kkkk, ainda bem q tava tudo limpinho, aí sequei ele com secador e toalha, e nada dele voltar, aí me disseram pra por no sol, ficou uns dois dias torrando, até que funcinou \o/, mas o auto falante dele estragou, tem um mega de um chiado hahahaha, deixo só no silencioso agora, enquanto ele tiver ligando e recebendo, não largo dele. rsrs

    Bj

    ResponderExcluir
  2. Morro rindo lendo estes posts! Quando eu estou em um local sozinha, ok.. pior quando é público!
    Eu tive a felicidade de comprar o único note Dell com problema que eu já vi no mundo... ficou um ano do técnico para casa, da casa para o técnico... até que eu liguei para o pós venda e eles consertaram por telefone (!)!
    Santo pós venda dell =D

    ResponderExcluir
  3. Bá que droga isso hein. O pior é que eles te enrolam horrores nas assistências. Foda.
    Boa sorte. (:
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Nunca tive esse problema porque tenho O MESMO APARELHO há QUATRO ANOS! E vc reclama de ser pobre?
    Na verdade, nao largo meu Nokia. Unico que funciona em viagens ao interior.
    Mas que sacanagem, hein?

    ResponderExcluir
  5. Ai ai ai, nem me fala uma coisa dessas, faz só três semanas que meu maridóvisk comprou um C3. Eu falei:_Pra que um celular com tanta frescura se tu só fala comigo.kkkkkkkk
    Se estragar eu ainda vou dizer:
    _Bem feito.
    Mas...depois avisa se ele ficou bom!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Nicole!
    Seguinte, nem sei como vim parar aqui, mas o fato é que também comprei um C3 em novembro e TAMBÉM tenho esse problema. O celular desliga sozinho quando estou feliz ouvindo música pela rua, as pessoas me ligam e não ouvem nada do que eu falo, a internet só funciona quando bem entende...uma maravilha (heh). Mais amigos meus compraram o mesmo aparelho e estão tendo problemas. Nem sei mais o que fazer, se nem a assistência técnica resolve. Vou chorar no cantinho, é o que me resta ._.

    ResponderExcluir
  7. Que palhaçada isso aí, nunca ouviu dizer: - quando a esmola é demais o santo desconfia? Por R$49...

    E a garantia? Vai na loja e troca por outro novo... Tenta, n custa nada. Melhor do que ficarem fuçando nele toda hora. Aí arrumam o "microfone" e daqui um tempo estraga outra coisa e tu vai ter que viver mandando pra assistência...

    Beijo e boa sorte!

    ResponderExcluir
  8. Bah Nicole! Eu tenho um C3 rosa tbm..
    o unico problema dele é que tem um pixel da tela meio q 'queimadinho' fora isso nunca deu problema..
    e eu comprei ele em dezembro... vamos ver quanto tempo dura.

    Mas é palhaçada esses serviços mal feitos ¬¬

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?