20 de jan de 2011

Não encosta em mim, porra!

Eu detesto que pessoas encostem em mim dentro do ônibus. Tipo, que parem tão perto que o braço encoste no meu, sabe? É claro que às vezes o ônibus está tão lotado que o contato corporal é simplesmente inevitável, eu sei disso. Mas o ônibus que eu pego todos os dias de manhã não é tão cheio assim, nem vem. E mesmo assim as pessoas encostam em mim! Sério,eu devo ser um grande personagem de The Sims e o cara que me controla é um grande piadista filha da puta, porque pode ter um ônibus praticamente vazio, alguém SEMPRE vai encostar em mim.

Na verdade, nem eu sei porque eu tenho essa implicância toda. É o mesmo tipo de ódio injustificado que eu tenho por homens de regata – se bem que homens de regata não merecem o meu respeito. Hmmm... É o mesmo tipo de ódio injustificado que eu sinto pelo Justin Bieber - se bem que eu to preparando um post aí que vai surpreender você, caro leitor. Bom, enfim. É um ódio injustificado. Até porque eu vou com muita frequência em baladas, e lá todo mundo se encosta e tudo mais, e eu não me importo! Mas o cenário muda totalmente dentro do ônibus.
Quando eu sento no lado de alguém no ônibus, eu me encolho ao máximo. Eu sempre dou aquela esquivadinha pro lado da janela, sabe? Agora, se eu tô no banco do corredor, a situação já é mais complicadinha: eu preciso me encolher no meu próprio centro, pra ninguém esbarrar em mim quando estiver passando e nem a pessoa do lado me tocar no braço. Quase uma missão impossível, gente!

Outra coisa que me irrita é quando o ônibus está praticamente vazio e alguém vem sentar justo do meu lado. Ou quando alguém pára com uma mochila no meio do corredor e tranca todo o fluxo de populares. Ou quando alguém fala alto demais - mas isso fica prum próximo post.
Pensando agora, acho que já reclamei de ônibus várias vezes, mesmo que de alguma maneira indireta. Mas, sabe? Andar de busão virou uma espécie de exercício de paciência pra mim, né? E um ótimo assunto para posts reclamões. Rá!

Isso não irrita vocês também? Ou vocês super gosta de levar uma encostada no ônibus? Haahahahhahaah Let’s discuss. Até a próxima! ;)

12 comentários:

  1. aaaah justamente isso, é por isso q eu adoro esse blog, quase todos os posts são iguais aos meu conceitos hehehe... então, EU ODEIO ANDAR DE ÔNIBUS, é só quando realmente preciso, evito o máximo, que nem em dia de chuva, vou pro colégio a pé, me molho, mas não pego ônibus, ainda mais em dia de chuva, que nossa, é cheio, gurda-chuvas molhados, e tudo que há de pior! E sabe o que eu mais não entendo? Gente que tem carro e ainda tem preguiça de sair da garagem, tipo? Tão mais fácil, confortável, praticidade, só você... aaah coisa boa! rs

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Não conheço ninguém que goste de andar de busão, mas não sei o que é pior, quando está um calorão e aquelas pessoas grudentas e suadas ficam se roçando em você, ou no inverno quando o frio vira desculpa pra não tomar banho!
    =/

    ResponderExcluir
  3. eu tbm não entendo como tantas pessoas com carro preferem andar no aperto do onibus. E o que mais me irrita, igual a vc, Nicole, é quando o busão não tem quase nenhuma alma viva e surge um cujo dito que senta justo ao seu lado. Fico me perguntando: eu sou uma espécie de imã?! Me erra, meu.
    Mas fazer o que, né? Realmente, o busão lotado ou não é um teste de paciencia pra mim tbm.
    Bjoo e eu adoro o seu blog.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Nicole!
    De fato... andar de ônibus é uma forma de exercitar a paciência. Sei bem como é. Dependo muito de ônibus, especialmente para me deslocar para a faculdade e na cidade vizinha, quando preciso.
    Além de detestar que encostem em mim, odeio pessoas que ficam obstruindo passagem nos corredores.. hahahah que terrível
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Sento sempre na janela e me encolho ao máximo, pior quando chega aquele cara com alface no dente, e tenta te dar uma cantada barata D: Fone no ouvido é o que há nessas horas, busão mesmo só por necessidade, quando tiver carro, só dentro dele e fui! rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Hahahahaha!!! Eu também odeeeeeeeio andar de ônibus. Quando tenho ânimo, prefiro ir à pé para os lugares do que pegar ônibus (mesmo morando em BH). Quando o destino é muito longe, não tem jeito: tenho que pegar a porcaria do ônibus. Eu também odeio quando encostam em mim e me encolho toda no banco, mexendo nas unhas quando sento no banco do corredor pra não ter que olhar pra lado nenhum. Hahahahaha!!! Às vezes dá vontade de mudar pra cidade pequena pra não ter que conviver com isso... XD!!! Adorei o post!!!
    Bjus!

    ResponderExcluir
  7. "É o mesmo tipo de ódio injustificado que eu sinto pelo Justin Bieber", então entendo! AHAHAH. Não, sério, eu entendo.
    Tenho um certo nojo/ódio de lugares muito cheios justamente por causa disso. Gente esbarrando em mim e tal. Pior ainda quando não pedem desculpas. Grrr! Vontade de matar!

    Também odeio quando sentam do meu lado quando o ônibus tá vazio. Sério, pra quê, cara?! Senta pra lá e me deixa ouvir uma musiquinha tranquila... pff.

    PS: Adorei teu blog, Nicole! Seguindo com certeza! ;)

    ResponderExcluir
  8. Me irrito com homens, que sentam de pernas abertas invadindo o meu espaço. Você tem que se espremer toda para que a sua coxa não toque naquela bermuda jeans suada, ou naquele joelho cabeludo. Sim, também tenho asco dessa situação maldita! E é impossível fugir dela andando de ônibus.

    Alô, carro?
    Hahah!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. só mulheres comentando aqui. estou em desvantagem, mas vejamos pelo outro lado: ponham-se no lugar de um cidadão que passou o dia inteiro se ferrando na obra, empresa, agência ou o diabo que for. qual é a salvação do dia dele? encostar, nem que seja por 5 segundos, no braço de uma menina bonita, é claro! a imaginação, minha gente. ele sonha que aquilo pode dar em alguma coisa. não, não pode, é claro. mas dá para entender. acredito que vocês retribuiriam se não fosse o infortúnio desses cidadãos não corresponderem a vossos gostos! o problema não é o ato, mas as pessoas com a qual passam 1h se roçando no caminho de casa. agora, nem vem, que eu também odeio isso.

    ResponderExcluir
  10. Eu sou nervosa com ônibus.
    Tenho claustrofobia, pra começar.
    Detesto tb que encostem em mim, que passem por mim de braços levantados (homens, principalmente). É tudo uma praga. Prefiro andar léguas, milhas, quilômetros a ter que pegar um ônibus.

    Adorei o teu blog. E voltarei.

    ResponderExcluir
  11. "Quando eu sento no lado de alguém no ônibus, eu me encolho ao máximo. Eu sempre dou aquela esquivadinha pro lado da janela, sabe?"
    Hahahaaa, parece eu falando, eu faço exatamente assim como você, e me irrito muuuuuito todos os dias quando vou pra faculdade! É um puta exercício de paciência mesmo, e eu não tenho me dado muito bem, haha!

    ResponderExcluir
  12. É bom saber que não sou o único, é exatamente isso que a Nicole disse, mas por instantes pensei até procura uma psicóloga pq mt pessoas não se importam que encoste nelas, mas eu não o ódio a irritação é inexplicável, sabe uma vez estava indo pra faculdade quando sobe um senhor de bolsa com uma barriga que parecia que estava grávido de gêmeos e que já estava com uns 14 meses e o ônibus estava em cheio aminha vontade foi de me enforca com um fio de cabelo eu me colhi tanto, que aquela criatura fei... e abobina.... percebeu e se se a fastou ,aquele dia foi o meu pior dia de toda minha vida ,Credo ki nojo não gosto nem de lembra ah também odeio justin bibier tbm não sei pq apenas não gosto.

    ResponderExcluir

Adoro comentários! Vamos conversar?